Palavras de fogo

Jidi Majia

Capa Normal R$39,90

Os poemas de Jidi Majia são, ao mesmo tempo, íntimos e globais. Neles, o eu poético se confunde com o autor sem pudores, especialmente quando, citando o seu próprio nome, o poeta explora sentimentos como pertencimento e defesa das origens. E é nesse aspecto, em plena China contemporânea, que o artista assume a sua dimensão política mais forte. Ainda assim, logo ao primeiro olhar, percebemos que não estamos diante de uma expressão regionalista ou até, digamos, étnica. Jidi Majia se refere ao vasto mundo de modo abundante e direto, com inabalável postura humanista.

Eis que se abre a janela para uma paisagem remota, mesmo debaixo dos nossos olhos: sacerdotes cerimoniais, caçadores que sopram chifres e se fazem ouvir pelas montanhas, montados em selas ornamentadas, o galope dos cavalos misturado com a melodia do berimbau nuosu. Que esta possa ser uma leitura importante, janela a mostrar-nos mais deste mundo imenso, simultaneamente uno e múltiplo.”
— José Luís Peixoto

Jidi Majia (1961) pertence ao grupo étnico minoritário Yi, que habita a Região Autônoma de Liangshan Yi, na província de Sichuan (China).
Formou-se na Southwest Nationalities University, em Chengdu, e, em 1988, o seu livro de poesia Song of my first love ganhou o Terceiro Prêmio Nacional de Poesia da China. Desde então, o seu trabalho foi traduzido para mais de vinte idiomas e publicado em mais de trinta países. Foi distinguido com prêmios internacionais como Bucharest Prize, Ianicius Prize of Poland e Lifetime Achievement Award do Xu Zhimo Poetry Prize do King's College Cambridge.
Foi vice-presidente e membro do Secretariado da Associação de Escritores da China e vice-presidente da Federação de Jovens da China. Atualmente, é vice-governador da província de Qinghai.

Título: Palavras de fogo
Autor: Jidi Majia
Literatura chinesa / Poesia
Tradução: José Luís Peixoto
Páginas: 192
Edição: 1ª
Formato: 14x21cm
ISBN: 978-65-5553-006-3
Ano de publicação: 2020
Dublinense 

Você também pode gostar de…